quinta-feira, 1 de setembro de 2011

De volta para o futuro, parte 1

Existem alguns fatos na nossa vida que traumatizam a gente. No meu caso posso citar vários momentos, porque eu fui uma pessoa extremamente traumatizada! Eu já apanhei da Talita, sofri bulling na minha própria festa de aniversário e já fui assaltada diversas vezes!

Sempre quando eu me lembro desses momentos me pego pensando “ E se?”. E se eu não tivesse apanhado da Talita na 1ª série? E se eu tivesse sido a noivinha das minhas próprias festas de aniversário juninas? E se eu nunca tivesse sido assaltada por dois trombadinhas naquele dia das mães gelado?

E essas possibilidades todas ficam pairando na minha mente (estilo a “cloud” da Apple porque né, mulher moderna essa que vos fala). Acontece que no fundo, seu eu pudesse mudar um único acontecimento traumatizante em toda a minha vida, eu sei muito bem pra quando a minha viagem no tempo me levaria... Pro dia 24 de outubro de 1997...

Pausa dramática para a viagem no tempo.... Corta pra 1997, ano em que Fernando Henrique era presidente, todo mundo corria pra sala as 9 da noite pra ver o Du Moscovis cabeludo em “Por Amor” e eu estava na 7ª série e era totalmente desprovida de atributos estéticos (leia-se feia).

Nessa época a Britney Spears lançava seu primeiro single, One more time! Pra quem não lembra nesse clipe A Li´ll Britney Bitch rebolava pelos corredores de uma High Scool de barriga/pernas/peitos/útero de fora, ostentando as madeixas douradas em duas trancinhas pedófilas.



A Britney era a solução de todos os meus problemas! Eu podia ficar parecida com ela! E eu ia! (tá gente, eu tinha só 13 anos e não entendia nada sobre coloração de cabelos)

Foi seguindo essa lógica que eu cheguei no salão da Creuza, na Rua José Bonifácio, no dia 24 de outubro de 1997 as 16h00. Horário que eu marquei pra fazer minhas luzes. Foi pra esse momento no espaço/tempo que minha viagem no tempo me levou (caralho, eu SEMPRE quis escrever isso)

E lá estou eu, sentada na cadeira do salão da Creuza, com uma capa de plástico roxa vagabunda onde lia-se Salão de Cabeleileiros (notem LEILEIROS) da Creuza.

Eu usava aquela toca de luzes na cabeça, esitlo ficção científica e a Creuza já estava com a agulha de crochê (sim, de crochê) em punho para começar a palhaçada quando gritei:

- Creuza, não se atreva! Se você fizer luzes no meu cabelo hoje eu passarei dois anos da minha vida me sentindo ridícula, isso vai afetar minha auto-estima até os 16 anos quando toda essa meleca já tiver sido expelida pelo meu cabelo! Você é uma péssima cabelereira e a gente só vem aqui porque a minha vó é sua amiga! E ah, não é cabeleileiro que se escreve, e sim cabelereiro! Zoa o cabelo das pessoas mas, por favor, não assassina o português!

E Creuza, com olhos arregalados, lia e relia a palavra cabeleileiros na capa do salão, enquanto eu olhava para uma luz muito branca, muito forte, o salão foi sumido, o cheiro de água oxigenada se esvaindo e...

Pausa dramática para a volta ao futuro! Corta para 2008, ano em que o Lula é presidente e as pessoas correm para sala as 9 da noite para ver a Flávia Alessandra dançar no queijo em "Duas Caras". Estamos no dia 11 de fevereiro de 2008.

Eu nunca vou me esquecer desse dia. Foi meu primeiro dia de trabalho no Banco, portanto o dia que eu conheci o meu chefe, me apaixonei por ele, e começava assim uma dor de barriga constante e um verdadeiro desfile de vestidos maravilhosos no escritório pra conquistar a chefia linda história de amor!

Abri os olhos e estava no meu antigo apartamento, dividido com Tia Baranga, na Vila Madalena! Levantei da cama feliz, olhei no meu espelho e tinha um cabelo tão saudável, tão bonito, eu era tão morena! Encontrei Baranga na nossa mini cozinha/lavanderia já tomando seu café com Valor Econômico habitué de todas as manhãs!

Sentei com ela, me servi de café e disse:

- Estou com a sensação de que vou conhecer o homem da minha vida hoje no Banco!
(rá, olha só, eu poderia ganhar milhões, eu sabia tudo o que ia acontecer nos próximos 4 anos! Eu poderia ficar rica! Ganhar na mega-sena! Se eu pelo menos tivesse decorado o resultado de algum sorteio da mega-sena... FICA A DICA aos próximos viajantes do tempo).

Baranga olhou pra minha cara de um jeito esquisito e mandou:

- Ué, ta louca? Vai pagar conta no Banco e acha que vai achar o homem da vida? Amiga, hoje em dia neguinho só paga conta pela internet ok? Desapega.

- Ih... Como assim Baranga? Bebeu? Tá colocando conhaque no café agora? Eu vou trabalhar no Banco! Hoje é meu primeiro dia de trabalho!

- Sim, é seu primeiro dia de trabalho, como colunista da Folha de São Paulo! Tá tudo bem com você?

Pausa dramática para o surto da viajante no tempo; OI? Folha de São Paulo? O que foi que eu fiz? O Fato de não ter feito luzes aos 13 anos tinha mudado TODA a minha vida? Mas como? Era só um pouco de água oxigenada com descolorante!

Mas afinal de contas, o fato das minhas luzes terem ficado ridículas me fizeram sofer toda sorte de constrangimento e provações. Fui injustiçada minha gente, por ter o cabelo estilo gato rajado
e não em estilo Britney para pedófilos! Daí que toda essa injustiça me fez querer ser o que? AdEvogada! Para um dia poder processar cabeleireiras como a Creuza que destroem o cabelo e a auto-estima alheios!

Olhei para cara de Baranga e perguntei:

- Eu sou jornalista?

- É, e acho melhor você ir logo pegar o seu carro antes que chegue atrasada no primeiro dia de trabalho! Lembra que você sonhou durante anos com esse emprego, então pelamordedeus vai logo! E a noite a gente conversa melhor sobre o cara do banco.

O cara do banco, o meu Big! Devem ter contratado outra pessoa pra minha vaga!!!! E se ele se apoixonar por ela? Casar com ela? Tiver filhos com ela???

Eu tinha que encontrar o Big! Ele tinha que se apaixonar por mim! E eu tinha o prazo de um ano para engravidar dele pra que o bebê fosse exatamente o Theo. E eu tinha que pegar meu carro e ir pra Folha de São Paulo.

Peraí, desde quando eu tenho um carro???

To be continued...

16 comentários:

Tati disse...

PRECISO TE CONHECER!! A gente tem que escrever um livro!!!!

Sol! disse...

Tati, vamos almoçar amanhã, que tal?

Mariana Manhães disse...

Ai que tudooooo!! Quero continuação!!!

PS: Já falei que quero ser você quando crescer? XD

Beijos
Mari

Ivna Pinna disse...

hahahahaha..
vou ficar esperando as cenas dos próximos capítulos!!!

=)

Fabiana Friedrich disse...

Racheiiiiiii
não perco os próximos capítulos por nada,rá
Bjs

Luana disse...

hahahahahahahahaha

Meg disse...

Tell me more! Tell me more!kkkkkkkkk Seus textos são ótimos!!!!!!!Bjus Meg Lima

Ana Campos disse...

Sol...eu já disse que sou sua fã??

bjs

Mari Hart disse...

huahuahuhuauuhauhaa.... continua qdo?! Ou vou ter que fazer plantão?!?!?!!?!?

Dani disse...

Sol,

Morro de rir, não adianta... eu acho que não vai ser melhor, mas sempre você se supera, adooorooo!!!!

Realmente, o que eu disse no primeiro comentário, eu li e reli o blog todo, post por post, até te conhecer SUPER! rsrsrs

Adorei o texto e estou esperando a parte II!! =)

Obrigada pela visitinha no meu blog, volte sempre (agora tem a parte II do diário da gripe, menina, quase morri com a Laura, de 8 meses semi-desmaiada no meu colo)!!!

Bora mandar a continuação do texto, que a gente está esperandoooo!!!!

Beijos grandes!!!
Dani e Laurinha

Patricia Pio disse...

cara do céu!!!! (como diz o meu marido, pra mim! olha só!) kkkkkk o que é isso??? tô ansiosíssima pela continuação!!!! kkkkkkkk amei a viagem no tempo!kkkkk

Clê disse...

Nossa, eu pensei que só eu sofria dessa loucura! As vezes fico remoendo os erros do passado,querendo voltar no tempo p dar um jeito neles,mas aí fico com medo de alterar o meu futuro e nunca conhecer meu mamorzão, nem parir os meus filhotes. Ai aceito esses erros pois eles me levaram ao maior acerto da minha vida! Seus textos são fantasticos! Te linkei no meu blog para acompanhar de perto.

Coisas de mãe disse...

Hahahahaha Cheguei há pouco tempo então ainda não sabia qual era o grau da insanidade!! Estou adorando a historia, quero muito saber comom continua (se é que ela vai fazer sentido em algum momento)

bj

Pati

Mariana - viciados em colo disse...

vim te abraçar pessoalmente e estou aqui me pocando de rir com seus posts! me diz: como é que eu nunca tinha vindo aqui antes?

seguida! linkada! baterei cartão aqui todos os dias, te prepara!

beijoca

Fabiana Alvim disse...

Bom demais!!!!!! Nota mil!! Rendeu MUITAS risadas! Valeu!!! ;-)

Fernanda Pereira disse...

Ahahahaha, mas vamos combinar gata, melhor no banco do que na Folha, vai por mim!

Ass: Jornalista do citado veículo de comunicação...kkkkkkkkk